• Claudia Scott

UM SONHO ADOLESCENTE

Há um tempo atrás fiz um projeto pra falar de sonhos em comunidades carentes. O nome Soul o que Sonho - sou com L mesmo (de alma em inglês).


Acredito que os dons que trouxemos na alma fazem com que tenhamos sonhos a realizar. E esses sonhos têm relação direta com o nosso propósito de vida! Com a real missão que viemos fazer aqui nesse mundo.


Em 1994 eu era uma adolescente de 16 anos que já cursava publicidade e sonhava em trabalhar na Artplan.

Acabei me formando e, precisando trabalhar, li no Caderno Boa Chance do Jonal O Globo que as áreas que iriam bombar no Rio seriam turismo e telecomunicações. Pensei: "Vou trabalhar com marketing em telecomunicações e vou entrar nesse negócio: nem que seja em loja".


Entrei e paguei minha língua Simplesmente me apaixonei pela área comercial e de atendimento, me apaixonei por trabalhar em Equipe e admito: me viciei em metas.

Vivi mais de 20 anos em Telecomunicações de uma maneira plena e realizada. Entrei menina e saí mulher. Comecei com uma mão na frente e outra atrás e saí com um patrimônio material e imaterial construído. Conheci pessoas generosas que me ensinaram muito e fui muito feliz.


Eis que a vida, anos depois, volta comigo para a área de publicidade numa agência chamada Next: um lugar que permite que eu seja tudo o que eu souL. Coincidência ou não, em pouco tempo essa agência passa a fazer parte do mesmo grupo da... Artplan.

Minha irmã me relembrou outro dia: "Cláudia, você lembra que você dizia que seu sonho era trabalhar na Artplan?"


Que louco né? Um sonho adolescente guardado.


20 anos felizes em telecomunicações. E hoje mudei de carreira e trabalho no grupo da Artplan. O nome do grupo? Grupo Dreamers. Sonhadores em inglês.


Hoje vivo o meu sonho adolescente. Aquele que estava guardado bem lá no fundo de uma gaveta da minha alma.


É galera... Nessa vida, definitivamente, nada é por acaso. Nunca é tarde para tirar da gaveta aquele seu sonho antigo. Sonhe sempre!


Um Feliz Natal e um 2022 repleto de realizações!

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Sim. Fui assaltada dias antes do Réveillon. Lá vinha eu dirigindo o meu carro, tarde da noite, voltando de um happy hour quando fui abordada por dois rapazes em uma moto. Coincidência (ou não) eu esta

jaajbr.png