• Cíntia Travassos

ZULU 4-Ó É O GRANDE POETA DE SLAM DE JACAREPAGUÁ

Cláudio Santos, conhecido como Zulu 4-Ó, é cria da comunidade da Asa Branca, em Curicica. Seu envolvimento com a arte já vem desde pequeno, quando escrevia histórias em quadrinhos e vendia na rua onde mora para os vizinhos por R$ 0,10 (dez centavos).

O seu interesse pela poesia surgiu no interior da Paraíba, quando ele via o seu avó Dino cantando músicas ritmadas em sua cadeira de balanço, e achava fascinante. Santos queria muito imitar o avô, mas aqui no Rio de Janeiro não havia nada parecido, e foi então que ele foi ao encontro do rap, e passou a escrever poesias rimadas. A parti r daí, começou a produzir eventos na rua e a fazer parte do movimento cultural de Curicica em apoio ao JR, que era o fundador e organizador do evento.

Em 2016, foi convidado para participar do Movimento Slam na Flup, na Cidade de Deus, onde pôde conhecer melhor o movimento, e foi amor à primeira vista. Esse evento proporcionou trocas incríveis, com poetas do mundo todo. Ele senti u a necessidade de fazer algo nessa área da cultura e começou a produzir o “Nós da Rua”, que fez muito sucesso, dando início a vários slams.

Diante da dificuldade de os poetas irem até Curicica, Santos começou a garimpar poetas dentro da própria comunidade, para que o slam não acabasse. Nesse período conheceu crianças que escreviam e liam muito, mas não tinham como e onde expressar seus talentos, e a oficina de poesia veio para resgatá-las e desenvolver o lado artístico delas. A oficina de slam começou em 2018, e foi um sucesso. Mas a pandemia chegou como um furacão, e ela teve que ser interrompida. A grande preocupação de Cláudio Santos é retomar e reformular a oficina para que as crianças não fiquem sem atividades.


O seu maior sonho é produzir, viver do hip hop, que é a cultura em movimento que ele acredita, para dar melhor qualidade de vida aos seus pais. A sua fonte de inspiração é o seu pai, pois apesar de ser uma pessoa humilde, é muito determinado, e isso faz com que Santos continue na luta pelos seus ideais.

5 visualizações0 comentário
jaajbr.png