• Jornal Abaixo Assinado

Saúde moribunda


Saúde e Educação: lutas prioritárias nas comunidades

*Regina Prado

“Saúde é o maior tesouro do cidadão”.

Quem não conhece essa sábia e verdadeira frase?

        Apesar da frase, com a qual concordamos, atualmente não é isso que se vê. O atendimento à população nas instituições de saúde pública é precário, demonstrando o descaso das autoridades responsáveis por uma área tão essencial a todos.

Ao contrário do que muitos pensam, saúde não é apenas ausência de enfermidades, mas, sobretudo, prevenção, alimentação de qualidade, educação e saneamento básico. Na maioria das vezes que entramos nos hospitais, percebemos a má vontade por parte dos funcionários. Normalmente, são atendidos apenas casos graves. Afinal, para onde vai o investimento destinado à saúde?

Na verdade, a única responsável por toda essa situação que a saúde no estado do Rio de Janeiro atravessa, é a educação precária. O caminho para solucionar os problemas é uma educação de qualidade.

É necessário que a população entenda que as atitudes que as prejudicam, ou a falta delas, por parte das autoridades competentes só ocorrem porque a própria população permite. É preciso lutar pelos seus direitos e mostrar que é possível se libertar de manipulações. Unir forças e provar o quanto se é capaz de mudar a história, de combater o pouco caso dos governantes .

A reforma previdenciária também está relacionada à saúde… mas isso é assunto para outra ocasião.

 *É moradora e ativista social na comunidade Cidade de Deus

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
jaajbr.png