• Jornal Abaixo Assinado

Repúdio ao corte de verbas promovido pelo MEC

O governo Bolsonaro quer cortar 30% de verbas das universidades. O motivo alegado pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, é que “balbúrdia pode levar a cortes”.

As universidades são um ambiente acadêmico plural, aberto ao debate de ideias. Alegar “balbúrdia” para cortar verbas de uma instituição de ensino superior é atacar a autonomia universitária, garantida pela Constituição do nosso país, e é também um ataque ao pensamento crítico e à ciência; é um método de censura que visa amordaçar as universidades públicas de modo a impedir o debate democrático de ideias e o desenvolvimento do conhecimento em nosso país.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
jaajbr.png