• Jornal Abaixo Assinado

REGÊNCIA VERBAL: ASPECTO IMPORTANTE DA LÍNGUA PORTUGUESA

Olá, queridos leitores, como vão? Nesta edição, falarei sobre regência verbal. Esse é um aspecto muito importante da Língua Portuguesa para uma escrita adequada e sem perda de pontos no quesito “norma culta”. É um assunto extenso, mas mostrarei alguns casos relevantes. E o que é regência? É a relação, ou seja, a preposição pedida entre o verbo ou o nome (se ela for nominal) e o seu complemento. É possível saber a regência de um verbo realizando a pergunta a ele. É claro que o estudo faz-se necessário para não haver desvios. Alguns verbos têm mais de uma regência e outros possuem sentidos diferentes que determinarão qual a regência deverá ser atribuída. Pessoal, na Língua Portuguesa existem inúmeros verbos e eles possuem regências. Vejam alguns:

Acredito que Deus existe.

Acredito na existência de Deus.

O verbo acreditar admite mais de uma regência sem prejuízo de sentido.

A regência verbal dos verbos “esquecer” e “lembrar” ocorre da seguinte forma: sem o uso do pronome oblíquo, eles serão transitivos diretos, ou seja, pedirão um complemento SEM preposição.

Esqueceu o casaco.

Lembrou o meu aniversário.

Com o uso do pronome oblíquo, eles serão transitivos indiretos, ou seja, pedirão complemento COM preposição.

Esqueceu-se do casaco.

Lembrou-se do meu aniversário.

Espero que essas dicas tenham aberto a mente de vocês para a dedicação dessa parte da Língua Portuguesa, a fim de manter uma excelente escrita! Até a próxima edição!

Escrito por Juliana Bernardo

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
jaajbr.png