• Jornal Abaixo Assinado

Os 100 anos da morte do Barão da Taquara

Sede da Fazenda Baronesa onde nasceu o Barão da Taquara


Os 100 anos da morte de Francisco Pinto da Fonseca Telles, o Barão da Taquara

*Professor Val Costa 

Em agosto deste ano, os moradores de Jacarepaguá celebraram o centenário da morte do seu patriarca, Francisco Pinto da Fonseca Telles, o Barão da Taquara. Ele nasceu na atual Fazenda Baronesa, em 1839.

Foi tenente da 7ª Companhia do Corpo de Cavalaria da Guarda Nacional. Por seus serviços prestados na Guerra do Paraguai, foi nomeado Comendador da Ordem da Rosa. Também foi um grande benfeitor de Jacarepaguá. Doou terrenos para o encanamento dos rios Fortaleza, Ciganos e Olho d`Água, realizou arruamentos, cooperou para a implantação de diversas linhas de bondes e fundou a primeira escola da região.  Em 21 de outubro de 1882, o Imperador D. Pedro II lhe outorgou o título de Barão da Taquara.

Francisco casou duas vezes. A primeira com Joana Maria Penna e a segunda com Leopoldina Francisca de Andrade, conhecida como a Baronesa da Taquara. Teve, ao todo, cinco filhos: Emília Joana, Maria Luiza, Jerônimo Pinto, Francisco Pinto Telles e Ana Telles.

Ele morreu aos 79 anos, na sua residência localizada na Praça XV de Novembro, em um casario de propriedade da família Telles de Menezes, conhecido como Arco do Telles.

No centenário de nascimento do Barão, foi inaugurado um busto em sua homenagem no bairro da Praça Seca, local onde ele possuía muitas terras. A obra foi produzida pelo artista plástico carioca Benevenuto Berna.

Bosto do Barão da Taquara – na Praça Seca


O Projeto de Lei Nº 408/2013 estabelece o dia do nascimento de Francisco Pinto da Fonseca Telles, 25 de outubro, como o “Dia do Aniversário do Bairro da Taquara”, incluindo-o no Calendário Oficial de Festividades da Cidade do Rio de Janeiro.

*Historiador e Professor

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
jaajbr.png