• Jornal Abaixo Assinado

Encontro Latino-Americano de Comunicação Comunitária


1º ELACC – Encontro Latino-Americano de Comunicação Comunitária

De 6 a 9 de julho de 2017 – Niterói

O I Encontro Latino-americano de Comunicação Comunitária (ELACC) pretende ser um marco na luta por direitos do povo pobre de nosso continente. Onde enxergam escassez, encontramos abundância. Nos chamam carentes, mas somos potentes. Somos Comunicadores Comunitários, formados na luta, na resistência das favelas, dos povos originários, comunidades tradicionais, mulheres, negros, jovens, LGBTs e todos aqueles que afirmam sua expressão e conquistaram o direito de construírem suas próprias narrativas e pontos de vista. Somos nosotros por nosotros. Nosso olhar não cabe no padrão, outrora hegemônico, da mídia corporativa. A grande imprensa hoje é decadente, e vive a ruína do que já foi um império. Enquanto isso, as experiências de Comunicação Popular e Cultura Viva Comunitária são milhares, milhões, espalhadas por todo o continente, re-existindo e se reinventando sempre. O mundo que queremos já está sendo construído e narrado de baixo para cima, em uma polifonia de vozes insurgentes que estão contando e (re)escrevendo a história da “pátria grande ” América Latina. Ousar lutar, ousar vencer!

Realização: Agência de Notícias das Favelas (ANF); Rede de Agentes Comunitários de Comunicação (RACC); Laboratório de Políticas Culturais.

Convidados internacionais:

Emiliano Fuentes Firmani (Argentina) – Professor e pesquisador da Universidad Nacional Tres de Febrero (UNTREF) e Secretário Executivo da Unidade Técnica do Programa IberCultura Viva.

Jairo Afonso Castrillón (Colômbia) – Mediador cultural, especialista em Políticas Culturais de Universidade de Barcelona, e doutorando na Universidad Nacional de la Plata (Argentina).

Eduardo Balán (Argentina) – Coordenador do coletivo “El Culebrón Timbal”, de Buenos Aires . Articulador do movimento “Pueblo Hace Cultura” e da Plataforma Puente Cultura Viva Comunitária na América Latina.

Javier Maraví (Peru) – Criador do Centro Cultural Waytay, ator e diretor teatral, impulsionador da Lei de Cultura Viva Comunitária de Lima e da Rede Nacional de Pontos de Cultura do Peru.

Nelson Ullauri (Equador) – Gestor e ativista cultural, Coordenador- Geral do III Congresso Latino-Americano de Cultura Viva Comunitária – Quito 2017.

Isaac Penaherrera (Equador) – Rapper, ativista e militante cultural, Coordenador de Comunicação III Congresso Latino-Americano de Cultura Viva Comunitária – Quito 2017.

Milagros Lorier (Uruguai) – Comunicadora social, ativista e gestora cultural, articuladora da Rede Nacional de Cultura Viva Comunitária do Uruguai.

Rafael Paredes (México) – Gestor e produtor cultural, membro do Coletivo Abarrotera Mexicana e articulador da Plataforma Puente Cultura Viva Comunitária do México.

Programação

6/7 – Quinta-feira

Abertura – Cine Arte UFF

  1. 13h – Credenciamento e recepção dos participantes

  2. 14 h às 14h30 – Exibição de documentário: Eu só quero é ser feliz – uma breve história do Funk Carioca (2016 / 26 min) Diretor: André Fernandes

  3. 14h30 às 15h – Mesa de abertura do I Encontro Latino-Americano de Comunicação Comunitária-ELACC

André Lazaroni, Secretário de Cultura do Estado do Rio de Janeiro

Marcos Gomes, Secretário de Cultura de NIterói

André Diniz, Presidente da Fundação de Artes de Niterói-FAN

Leonardo Giordano, Vereador e Presidente da Comissão de Cultura da Câmara do Vereadores de Niterói

Guilherme Ornellas, Diretor do Núcleo de Produção Digital-NPD – Niterói

Leonardo Guelman, Diretor do Centro de Artes da Universidade Federal Fluminense-UFF

Emiliano Fuentes Firmani (Argentina), Secretário Executivo da Unidade Técnica do Programa IberCultura Viva

André Fernandes, Agência Notícias de Favelas-ANF

Alexandre Santini, Laboratório de Políticas Culturais

Local: Cine Arte UFF

  1. 15h às 18h – Painel: Experiências de Comunicação Comunitária na América Latina

Mediação: Luiz Augusto Rodrigues (Brasil) – Professor do IACS/UFF e Coordenador do Laboratório de Ações Culturais (LABAC)

Participantes:

– Jairo Afonso Castrillón (Corporación Semiósfera – Colômbia)

– Eduardo Balán (El Culebrón Timbal – Argentina)

– Renata Machado (Rádio Yandê – Brasil)

– Isaac Penaherrera ( Red CVC – Equador)

– Milagros Lorier (Árbol TV/ Red CVC – Uruguai)

– André Fernandes (Agência de Notícias das Favelas – Brasil)

Reserva Cultural Niterói

  1. 18h30 – Exibição de documentário : Fantasma Vestido de Palhaço

Diretora: Alessandra Stropp (2013 / 22 min)

Local: Reserva Cultural – Cinema

  1. 19h – Lançamento de livro

Livro: Cultura Viva Comunitária – Políticas Culturais no Brasil e na América Latina

Autor: Alexandre Santini

Local: Livraria Blooks – Reserva Cultural Niterói

  1. 20h – Show : Mango Mambo (Música Latina)

Local: Reserva Cultural – Pilotis

  1. 21h – Sarau Literário: Corujão da Poesia Universo da Leitura Especial: “Soy Loco Por Ti, America”

Local: Reserva Cultural – Bizú Bizú

7/7 – Sexta-feira – Rodas de conversa:

9h às 12h – Programação simultânea

  1. Tema: Gênero, Diversidade e Comunidades: Comunicação para o empoderamento e combate ao preconceito e à opressão

Local: Museu de Arte Popular Janete Costa

Convidados:

Felipe Carvalho (Grupo de Diversidade de Niterói)

Milagros Lorier (Uruguai)

Gabrielle Roza – Coletivo Nuvem Negra (RJ)

Maria Gabriela Saldanha

Daniela Lima (Boitempo)

Dríade Aguiar (Fora do Eixo / Mídia Ninja)

Letícia Brito (Cultmidia RJ)

Victor de Wolf – Secretário Geral da ABGLT

Mediação: Verônica Oliveira (ANF)

  1. Tema: Democracia em Jogo: Futebol, Mulher e Mídia na América Latina.

Local: Solar do Jambeiro

Eduardo Balán (Argentina)

Kleber Moreyra (Ponto de Cultura do América)

Penélope de Toledo (Mulheres de Arquibancada RJ)

Mariana Vantine (Coletivo Futebol, Mídia e Democracia SP)

Sergio Pugliese (Approach Comunicação RJ)

Bruno Porpetta

Mediacão: Carla Santos (Cultmidia RJ)

Tema: Comunicação dos Povos Originários e Comunidades Tradicionais

Local: Solar do Jambeiro (Jardim)

Convidados:

Javier Maravi (Peru)

Gilmar Hughes – CODDIR / Niterói

Renata Machado – Rádio Yandê

Aderbal Ashogun – Rede Afro Ambiental/ CNPdC/ Ile Omi Ojuaro

Reinaldo Santana – Escola POP

Anapuaka Tupinambá – Rádio Yandê

Júlio Cesar Fernandes (Ifá Talabi) – Ile Asé Ifá Oseotura

Mediação: Alexandre Santini

  1. 14h às 17h – Tema: Direito à Comunicação no Brasil e na América Latina – Políticas Públicas e Democratização da Mídia

Local: Solar do Jambeiro

Eduardo Balán (Argentina)

Ivana Bentes

André Fernandes

Beth Costa

Luisa Santiago

Miguel do Rosário

Theo Rodrigues

Marcos Pereira

Leonardo Giordano

Mediação: Luana Bonone

  1. 15 às 18h – Tema: Memória Histórica, Direito à verdade e Comunicação Popular na América Latina

Local: Museu de Arte Popular Janete Costa

Convidados:

Emiliano Fuentes Firmani (Argentina)

Luisa Barbosa (Brasil)

Daniel Ramalho (Brasil)

Renato Almada (Pres. Conselho Municipal de Cultura / Niterói)

Claudia Santiago – Núcleo Piratininga de Comunicação

Patrick Granja – A Nova Democracia

Mediação: Natália Cindra

  1. Festival Cultura Viva Comunitária

18h30- Cinema: Batalha do Passinho – Direção Emílio Domingos ( 2013 / 77min)

19h – Batalha das Musas – Encontro de hip hop para celebrar a voz feminina no rap

20h – Slam das Minas – Música e Poesia como afirmação da potência artística feminina

21h – João Donato convida Flávio Renegado e Doralyce

23h – Baile do CUCA apresenta: Funk das Antigas!

MC Galo

MCs Junior e Leonardo

DJ William

Local: Teatro Popular Oscar Niemeyer

8/7 – Sábado – Rodas de conversa:

  1. 9h às 12h – Roda de conversa tema: Comunicação, Cultura e Direitos Humanos: a voz das favelas, comunidades e periferias da América Latina

Local: Solar do Jambeiro

Marcus Galiña (Ocupa Escola)

Vivi Salles – Poesia de Esquina CDD

Jairo Castrillón (Colômbia)

Luiz Felipe – Lá da Favelinha (MG)

Aline Pereira – Roda Cultural do Engenho do Mato (Niterói / RJ)

Isaac PeñaHerrera (Equador)

Raul Santiago (Coletivo Papo Reto)

Fábio Silva (RACC)

Mediação: André Fernandes – ANF

  1. 14 às 17h – Roda de Conversa tema: Rumo à Quito – III Congresso Latino-Americano de Cultura Viva Comunitária

Local: Solar do Jambeiro

Convidados:

Nelson Ulluari (Equador)

Eduardo Balán (Argentina)

Milagros Lorier (Uruguai)

Javier Maravi (Peru)

Rafael Paredes (Mexico)

Jairo Afonso Castrillon (Colômbia)

Isaac Peña Herrera (Ecuador)

Carla Santos (Brasil)

Marjorie Botelho (Brasil)

Marcelo das Histórias (Brasil)

Mediação: Alexandre Santini

  1. 17h às 18h – Resoluções Finais do I ELACC

Local: Solar do Jambeiro

19h – Documentário “Deixa na Régua” , Emilio Domingos (2016 / 73min) Sarau Multicultural Latino-americano + MACquinho ON

Local: Macquinho – Plataforma Digital do MAC

09/07 – Domingo

  1. 10h – Reunião do Fórum Estadual dos Pontos de Cultura do Rio de Janeiro

Local: Centro Cultural Paschoal Carlos Magno

  1. 12 às 16h – Encontro de Grafitti e Arte Urbana

Local: Centro Cultural Paschoal Carlos Magno

  1. 16h – Mostra Pendrive-se! Telão aberto

17h30 – Exibição do documentário Marcelo Yuka, Caminho das Setas, de Daniela Broitman.(2012/95min)

Local: Centro Cultural Paschoal Carlos Magno – Sala de Vídeo

Linhas de programação

Mostra audiovisual: Cinema e Comunidade

Um panorama de produções audiovisuais brasileiras relacionadas a processos culturais, artísticos e políticos e produzidas a partir de experiências de cultura e comunicação comunitária. A curadoria da mostra foi construída em parceria com o Núcleo de Produção Digital (NPD) de Niterói.

Filmes selecionados:

Eu só quero é ser feliz – uma breve história do funk carioca”, de André Fernandes (2016/26min) | Um documentário que pretende apresentar de forma rápida, porém com profundidade, o movimento funk, do final da década de oitenta e início da década de noventa. Um período onde a favela começou a protagonizar através das duplas de MCs.

Uma realização da Agência de Notícias das Favelas, produzido pela ANF Produções e Approach, com patrocínio da Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro.

Fantasma Vestido de Palhaço, de Alessandra Stropp ( 2013/22min)

Um recorte sobre os Pontos e Puntos de Cultura, entre Brasil e América Latina, passando por conceitos, narrativas, afeto e a alegria das artes que nascem de baixo para cima. Nesta viagem do Fantasma Vestido de Palhaço, as paisagens e a colorida arquitetura dos povos e nações que reinventam o continente a partir de ações em rede, formando um mosaico colaborativo de processos e experiências da cultura viva comunitária.

A Batalha do Passinho, de Emílio Domingos ( 2013/77min)

O estilo de dança que cresceu nas favelas do Rio de Janeiro, o passinho tornou-se uma nova forma de dançar o funk carioca. Quando o vídeo de Beiçola e seus amigos, “Passinho Foda” atingiu o número de 4 milhões de acessos no Youtube, os passinhos de Beiçola começaram a serem reproduzidos nos bailes das comunidades. O documentário mostra a vida dos dançarinos e as proporções que o fenômeno atingiu, que se expande para além dos bailes, favelas e DJs

Deixa na Régua, de Emílio Domingos ( 2016/73min)

Os salões de barbeiro das favelas e dos subúrbios são os lugares onde a nova estética da periferia nasce e se expande. Ponto de encontro dos jovens, os “barbeiros” se tornaram espaços de troca dessa juventude. Este documentário entra nesse universo e, entre cortes, giletes e tesouradas, mostra o que se passa na cabeça dos barbeiros e de seus clientes.​

Marcelo Yuka, Caminho das Setas, de Daniela Broitman (2012/95min)

Ao 34 anos, no auge da carreira, o compositor Marcelo Yuka leva nove tiros em uma tentativa de assalto no Rio de Janeiro. Vítima da violência urbana, ele vê sua vida mudar, o que aumenta seu ativismo e o alcance social de suas críticas

Pendrive-se!

Para além dos filmes que estão compondo a mostra, haverá espaço, tempo e equipamentos para exibição de filmes produzidos pelos participantes. Saque seu Pendrive, bote seu HD pra jogo e exiba os seus filmes no ELACC!

Cobertura Colaborativa

O I Encontro Latino-Americano de Comunicação Comunitária será narrado através da cobertura colaborativa (CC). A CC será realizada através da participação de diversos agentes mídiativistas e das mídias independentes inscritos via chamada pública. O ELACC será um laboratório de construção de narrativas alternativas que deem visibilidade às expressões dos agentes comunitários de comunicação da América Latina. Participe!

Freeinstale – se: oficinas e atividades autogestionárias

O ELACC recebeu dezenas de propostas de debates, oficinas, minicursos, intervenções e performances. O espaço para a realização destas atividades será o MACquinho/ Plataforma Urbana Digital, localizado no Morro do Palácio. O MACquinho é um espaço educativo e cultural, com arquitetura moderna e futurista de Oscar Niemeyer, que conta com diversos recursos tecnológicos como Telecentro, Estúdio de Som , Estúdio de TV, Midiateca, equipamento multimídia e espaços para o desenvolvimento de atividades artísticas.

Exposição Fotográfica

“América Latina, violentamente doce”

Poucos fotógrafos conhecem tão bem a América Latina como o argentino-brasileiro Renzo Gostoli. Nos últimos 40 anos, Renzo esteve fotografando grandes momentos históricos e transformações sociais do continente. Anarquista (graças a Deus!), foi colaborador independente de agências internacionais.Passou por Guatemala, Argentina, Colômbia, México, Paraguai, Uruguai e, há algumas décadas, se radicou no Brasil. Extraindo doçura da violência que nos assola, as imagens de Renzo mostram que somos capazes de buscar a esperança nas cinzas das adversidades

Local: MACquinho

Espaços / Endereços

Centro de Artes da UFF -R. Miguel de Frias, 9 – Icaraí, Niterói – RJ, 24220-900

Reserva Cultural Niterói – Av. Visconde do Rio Branco, 880 – São Domingos, Niterói – RJ, 24020-007

Solar do Jambeiro – R. Pres. Domiciano, 195 – Ingá, Niterói – RJ, 24210-271

Museu de Arte Popular Janete Costa – R. Pres. Domiciano, 178 – Ingá, Niterói – RJ, 24210-271

Teatro Popular Oscar Niemeyer -Rua Jornalista Rogério Coelho Neto, s/n – Centro, Niterói – RJ, 24020-011 (Caminho Niemeyer)

Centro Cultural Pascoal Carlos Magno – Rua Lopes Trovão, s/nº, Icaraí, Niterói – RJ, 24220-000 (Campo de São Bento)

Museu de Arte Contemporânea – Mirante da Boa Viagem, s/nº – Boa Viagem, Niterói – RJ, 24210-390

MACQuinho – R. Nair Margem Peraira, 1 – Ingá, Niterói – RJ, 24210-400

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
jaajbr.png