• Jornal Abaixo Assinado

DULCE GASPAR: TALENTO E CRIATIVIDADE

Moradora de Curicica, Jacarepaguá, Dulce Gaspar é diretora, atriz, escritora, poetisa  e graduada em Produção Cultural pela IFRJ. Para ela, tudo começou no ano de 1992, quando produziu o seu primeiro livro de poesia. E a partir daí, então, começou a receber diversos convites para a produção de espetáculos teatrais. Assim, foi para Belo Horizonte, a convite do ator e humorista Otávio Carvalho, foi para Belo Horizonte, para produzir o seu  espetáculo infantil O pirata legal, e esta produção abriu as portas para que, juntos, criassem a D’ Gaspar Produção. 

Após 10 anos de muito trabalho e desenvolvimento pessoal e intelectual, Dulce Gaspar e Otávio de Carvalho voltaram para o Rio de Janeiro para produzir, dirigir e realizar um programa de humor na antiga CNT, que foi apresentado por um ano, aproximadamente. 

Em 2010, ela começou a trabalhar com produção de curtas-metragens, com sua filha Beatriz Gaspar, hoje formada em cinema pela Universidade Estácio de Sá, e alguns profissionais (Cíntia Travassos, Davi Martins, Paulo Seusset, Valdo Boaventura, entre outros). Nesse mesmo ano, foi fundado o Grupo Gas, o qual  lhe rendeu várias participações em festivais de Cinema. 

Dulce Gaspar conheceu, no decorrer do curso de Produção Cultural, várias formas de produzir cultura, sendo que a mais importante para ela resultou no seu trabalho de conclusão de curso, por meio do qual descobriu que na área da saúde mental poderia produzir, através da poesia, do teatro e da música, enfim, da arte, e atingir este público que, muitas vezes, se torna invisível para a sociedade. Além de ter publicado seu livro  Saúde, ciência e arte em instituição de tratamento mental. 

Neste período de quarentena, Dulce Gaspar está escrevendo algumas reflexões e poesias. E uma delas se chama É Tempo.

Escrito por Cíntia Travassos

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
jaajbr.png