• Jornal Abaixo Assinado

Desmantelamento das equipes das Clínicas da Família

Clínica da Família Padre José Pinto de Azevedo Tiúba – Rua Acapori – Gardênia Azul


“Quem comete uma injustiça é sempre mais infeliz que o injustiçado” (Platão)

“Tudo é precioso para aquele que foi, por muito tempo, privado de tudo” (Nietzsche)

“A dor é inevitável. O sofrimento é opcional” (Tim Hansel)

DA SÉRIE: PREFEITO CRIVELLA PERDEU O JUÍZO?

Famílias de Jacarepaguá e das Vargens contra o desmantelamento das equipes das Clínicas da Família

*Texto de Almir Paulo

Ninguém fala mais neste assunto. Mas o JAAJ não esqueceu que Jacarepaguá, Barra, Recreio e Vargens serão os bairros mais atingidos pelas demissões nas Clínicas da Família.

A região da AP 4, Área de Planejamento 4 que compreende toda a Baixada de Jacarepaguá, terá o corte de 36 equipes, uma redução de 28%. Os moradores das comunidades atendidas pelas Clínicas da Família em toda região estão indignados e revoltados.

A Prefeitura propôs reduzir até R$ 700 milhões do dinheiro para a Saúde em 2019. Hoje, já há falta de medicamentos e atrasos dos salários dos trabalhadores das clínicas. As demissões em massa já começaram, e o plano é demitir mais de mil funcionários —serão extintas 239 equipes completas em todo o Rio de Janeiro. O secretário municipal da Casa Civil, Paulo Messina, chama essa situação de reestruturação, quando, na verdade, está havendo é redução de pessoal! Serão menos médicos, menos enfermeiros, menos técnicos, menos ACS – Agentes Comunitários de Saúde, menos psicólogos, menos fisioterapeutas, ou seja, redução de todas as categorias profissionais.

Por causa dessa decisão desastrosa do prefeito Crivella e des seus secretários da Casa Civil, Paulo Messina, e da Saúde, Ana Beatriz Busch Araújo, os profissionais de Saúde estão em greve.

Isso é o caos na Saúde pública preventiva da cidade do Rio de Janeiro.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
jaajbr.png