• Jornal Abaixo Assinado

Cadê as ciclovias das Vargens, Camorim e Jacarepaguá

Parada de bicicletas em Vargem Grande


Pedalar é preciso

Carlos Motta*

A população das Vargens possui uma íntima relação com as bicicletas. Inúmeras pessoas utilizam a bike para ir à escola, ao trabalho, para lazer e, principalmente, para chegar aos pontos de ônibus da estrada dos Bandeirantes, já que as linhas não circulam pelo interior dos bairros.

Entretanto, mesmo sendo uma das regiões da cidade com uma relação morador/ciclista altíssima, poucos, entre os 450 km de ciclovia da cidade do Rio de Janeiro, são na região das Vargens. Inclusive, a única ciclovia existente é mal sinalizada, sem bicicletários, muito esburacada e “disfarçada” de calçada.

Com o aumento descontrolado do trânsito de automóveis, há a necessidade de ciclovias, principalmente na estrada do Rio Morto e Benvindo de Novaes, além de ciclofaixas do largo de Vargem Grande até a estrada do Pontal e nas estradas Pacuí, Sacarrão e Boca do Mato, para que se possa pedalar com segurança e tranquilidade, garantindo um ar menos poluído, além de manter o controle dos batimentos cardíacos e proporcionar uma considerável economia de combustível e passagens.

*Morador de Vargem Grande e Professor de Geografia da Rede Municipal.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
jaajbr.png