• Jornal Abaixo Assinado

A IMPORTÂNCIA DA CAPACIDADE PULMONAR E OS CUIDADOS FÍSICOS EM TEMPOS DE COVID-19.

Devido ao tempo de isolamento, passamos a permanecer por mais tempo dentro de nossas residências, evitando o contato com o mundo externo, como prevenção à contaminação da COVID-19.

Com a pandemia do novo coronavírus, manter ou melhorar a capacidade respiratória tornou-se ainda mais importante e muito tem-se falado sobre ela.

Os exercícios respiratórios têm sido orientados a serem realizados diariamente, se possível com duração de cinco minutos, a fim de trabalhar a capacidade pulmonar com técnicas de respirações profundas.

Normalmente é indicado como exercício: realizar uma inspiração profunda, seguida de um tempo de pausa inspiratória e posteriormente uma expiração profunda.

Diariamente, trabalhamos apenas com a capacidade de volume corrente pulmonar, que é quantidade de ar que o pulmão l necessita para atuar fisiologicamente sem esforço.

Durante esse exercício respiratório proposto, realiza-se a inspiração e a expiração mais profunda, levando o pulmão a um esforço maior dentro de suas capacidades máximas. Assim ele aumenta sua resistência nos volumes de reservas e fortalecemos a capacidade pulmonar.

Esses exercícios podem ser potencializados executando movimentos de elevações de braços durante a inspiração e realizando movimentos de descida dos membros ou aproximação deles ao corpo durante a expiração, facilitando a mobilidade da caixa torácica e favorecendo ainda mais a abertura e fechamento da costela, aumentando a entrada e a saída do ar dos pulmões. Vale lembrar que esses exercícios são indicados apenas para melhorar a capacidade pulmonar. Nos pacientes com histórico de asma, bronquite ou enfisema deve-se aumentar o tempo do ar expirado mais do que o ar inspirado.

Também são indicados para o controle da massa óssea e melhora da resistência física e pulmonar as atividades aeróbicas, como caminhadas, corridas, andar de bicicleta e outros esportes que podem ser feitos ao ar livre, preconizando o uso de máscaras respiráveis e adequadas à prática física. Elas aumentam a frequência cardíaca e fazem o corpo trabalhar numa potência pulmonar mais elevada, aumentando a resistência do corpo. O impacto do exercício auxilia no controle da massa óssea, evitando o aumento da porosidade óssea.

Vale lembrar também sobre a importância da vitamina D em nosso corpo, já que é a grande aliada na prevenção da osteoporose. Ela é essencial para o bom funcionamento do organismo, garantindo um equilíbrio entre os órgãos e várias funções do corpo humano. É responsável por regular a absorção de cálcio e fósforo, mantendo o cérebro funcionando perfeitamente, além de fortificar ossos, dentes e músculos – inclusive o coração. Muitas pessoas ficaram preocupadas em repor a vitamina D com comprimidos ou alimentação, mas a exposição ao sol é o que realiza sua absorção no organismo.

O Pilates também tem sido muito indicado como atividade física, por ter como seu maior princípio a respiração. É também associado a outros benefícios importantes ao corpo, como ganho de força muscular, flexibilidade, mobilidade, coordenação e equilíbrio. O ideal é realizar essa atividade em locais que estejam trabalhando dentro das normas de biossegurança do conselho profissional.

Manter a capacidade pulmonar é importante, assim como a saúde físico e mental, para ter um corpo saudável e ativo.

RESPIRE FUNDO NUM LUGAR SEGURO E USE MÁSCARA PARA SE MOVIMENTAR EM AMBIENTES PÚBLICOS.

Texto escrito por Cristiane Giannotti

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

MJADRA

jaajbr.png