• Jornal Abaixo Assinado

200 Gritos de Valéria

*Texto de Severino Honorato –

A escritora, pesquisadora e agente de fomento cultural Valéria Barbosa (foto) grita em alto e bom som, sobretudo o que a incomoda, mas não apenas a ela, seu ser. Moradora do Anil, Rio de Janeiro, há 47 anos, desde então trabalhando com projetos socioculturais na Cidade de Deus, é uma das 25 pessoas ganhadoras do concurso em homenagem aos 200 anos da Independência do Brasil, cujo livro 200 gritos por liberdade a faz ser ouvida em todas as planícies, vales e montanhas, ou mesmo em mares revoltos.

O livro de Barbosa é composto por poesias libertárias, conforme suas próprias palavras, dispostas em textos poéticos. A sua poesia nasce verdadeiramente da sua presença em saraus nas periferias, em especial na cidade do Rio de Janeiro, mas também em outras cidades como Salvador. 

O grito poético de Valéria Barbosa é um levante contra quem ousa punir com a morte a juventude negra das favelas. Ela vê, observa e interage com a diversidade cultural, fortalecendo as práticas coletivas, irmanando-se em critérios e lutas.

Ela também é autora de outros dois livros: Coração preso na cômoda da incomodada vida e Os grandes mestres guardiãs da Cidade de Deus. A obra 200 anos da Independência do Brasil contém 201 poemas. Um deles tem o título “Eco do povo”.

O livro pode ser adquirido diretamente com a autora. O livro foi lançado na 19a Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro, no Riocentro, no estande da Litteris Editora.

Contato com a autora  Valéria Barbosa pelo telefone (21) 98891-8862.


*Colunista do JAAJ, Cordelista e Poeta

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
jaajbr.png