• Jornal Abaixo Assinado

Água parada no chafariz da Praça Seca pode se tornar criadouro do mosquito da Dengue

Por Maria Beraldina Antonio

Em tempos de epidemia de Zika, Chikungunya e Dengue, ambos transmitidos por um mesmo mosquito, o Aedes aegypti, a água parada existente no lago artificial do chafariz é um local propício para a fêmea depositar os seus ovos. Essa é uma área de grande circulação de pessoas, pois está localizada ao lado da Estação do BRT da Praça Seca, o principal meio de transporte público da região.

Foto falta de respeito 3

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, os casos suspeitos de Dengue, em 2015, foram de 18.159.  Os primeiros meses de 2016 já contam com 36.797 casos suspeitos. Uma morte foi confirmada até o início do mês de abril. Também nesse ano, foram registradas 469 suspeitas de Chikungunya, com confirmação de 123 casos. O Zika Vírus tem 24.600 casos suspeitos, com 17.799 confirmados.

Principais sintomas

  1. Dengue: dor de cabeça, dor atrás dos olhos, nas articulações, possível sangramento no nariz, perda de peso, tontura, náuseas e vômitos.

  2. Chikungunya: dor de cabeça, dor intensa nas articulações, febre alta, conjuntivite, dor muscular e manchas vermelhas.

  3. Zika Vírus: dor de cabeça, dor nas articulações, dor muscular e nas costas, sensibilidade a luz, febre, conjuntivite, olhos vermelhos, aftas, coceiras e lesões vermelhas na pele.

Esperamos que a Prefeitura do Rio de Janeiro  tome providências urgentes, pois é um caso de saúde pública!

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
jaajbr.png